Brasil

Vacina de Oxford é 100% eficaz em casos graves após 22 dias da 1ª dose

Quem recebeu ou irá receber a vacina da Oxford, terá segurança de que a imunização é 100% eficaz em casos graves após 22 dias da aplicação da primeira dose.

Dândara Genelhú Publicado em 02/02/2021, às 16h53

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação) - (Foto: Divulgação)

Quem recebeu ou irá receber a vacina da Oxford, terá segurança de que a imunização é 100% eficaz em casos graves após 22 dias da aplicação da primeira dose. O novo estudo da Universidade de Oxford sobre o imunizante contra a Covid-19 foi divulgado nesta terça-feira (2).

A vacina foi desenvolvida pela Universidade, em parceria com a farmacêutica AstraZeneca. De acordo com o  artigo da revista científica Lancet, o imunizante também tem 76% de eficácia contra os casos moderados e leves da Covid-19. Os resultados também podem ser esperados em até 22 dias.

Em entrevista à CNN, a autora do estudo Sue Ann Clemens disse que “o impacto na saúde pública é fantástico. A resposta imune é rápida, são ótimos dados”. O imunizante já é utilizado no Brasil e espera-se que seja produzido pela Fundação Oswaldo Cruz em breve, quando chegarem os insumos no país.

Além disto, os dados confirmam que a vacina é eficaz em logos intervalos entre a primeira e segunda dose. Ou seja, reforça a recomendação do Comitê de Imunização do Reino Unido, para que o espaço entre as aplicações seja de até três meses.

Jornal Midiamax