Brasil

Filho de Bolsonaro ignora decreto e coloca uso opcional de máscara em gabinete

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) colocou uma placa na porta do seu gabinete tirando a obrigatoriedade do uso de máscara. Esta que é uma das medidas que diminui o risco de transmissão do novo Coronavírus. O vizinho de gabinete, deputado federal Túlio Gadêlha (PDT-PE), foi quem divulgou em suas redes sociais, nesta terça-feira (2), […]

Carolina Rocha Publicado em 02/02/2021, às 17h10 - Atualizado às 17h15

Porta do gabinete do Deputado Federal, Eduardo Bolsonaro. Foto: Instagram
Porta do gabinete do Deputado Federal, Eduardo Bolsonaro. Foto: Instagram - Porta do gabinete do Deputado Federal, Eduardo Bolsonaro. Foto: Instagram

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) colocou uma placa na porta do seu gabinete tirando a obrigatoriedade do uso de máscara. Esta que é uma das medidas que diminui o risco de transmissão do novo Coronavírus.

O vizinho de gabinete, deputado federal Túlio Gadêlha (PDT-PE), foi quem divulgou em suas redes sociais, nesta terça-feira (2), as fotos da placa colocada no gabinete. “Neste gabinete, o uso de máscara é opcional”, destaca o aviso.

Lembrando que desde o início da pandemia, o congresso adotou regras para conter a disseminação do vírus. Nas eleições das presidências das Casas, nesta segunda-feira (1°), a regra era para o uso de máscara obrigatório.

Também, no Distrito Federal, onde fica o gabinete de Eduardo, o uso de máscara é obrigatório em espaços públicos e locais com aglomeração de pessoas. Logo, órgãos públicos devem seguir a legislação local.

Na publicação, Túlio Gadelha fez críticas ao colega. Túlio Gadelha fez críticas ao colega deputado. “No mesmo anexo, no mesmo corredor, gabinetes e deputados bem diferentes. Ainda há quem diga que político é tudo igual. Não mesmo”, escreveu, ao divulgar as fotos. No gabinete dele, anexou um comunicado semelhante, mas distinguindo a regra: a máscara é obrigatória.

Jornal Midiamax