Brasil

Prorrogada presença da Força Nacional em terra indígena em Mato Grosso

Os militares atuarão em apoio à Fundação Nacional do Índio

Agência Brasil Publicado em 07/12/2021, às 10h11

None
Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Força Nacional de Segurança Pública vai permanecer por mais 60 dias na Terra Indígena Kawahiva do Rio Pardo, no estado de Mato Grosso, em apoio à Fundação Nacional do Índio (Funai).


A portaria do Ministério da Justiça e Segurança Pública, que a autoriza a prorrogação, está publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (7).


Os militares vão atuar em ações de preservação da ordem pública e de segurança das pessoas e do patrimônio, em caráter episódico e planejado, no período de 12 de dezembro de 2021 a 9 de fevereiro de 2022.


A quantidade de policiais a ser disponibilizado obedecerá ao planejamento definido pela Diretoria da Força Nacional de Segurança Pública. Caso seja necessário, o prazo de 60 dias poderá ser mais uma vez prorrogado.

Jornal Midiamax