Brasil

Motoristas de ônibus de São Paulo cancelam greve após serem incluídos no grupo de vacinação

São cerca de 9.500 trabalhadores que irão receber o imunizante contra a covid-19

Gabriel Neves Publicado em 20/04/2021, às 07h25

Imagem ilustrativa.
Imagem ilustrativa. - (Foto: Reprodução/Estadão)

A greve que seria realizada nesta terça-feira (20) por metroviários, ferroviários e motoristas de ônibus de São Paulo foi paralisada após o governo incluir as categorias no grupo prioritário de vacinação contra o coronavírus.

Os funcionários do Metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) serão vacinas a partir do dia 11 de maio, conforme publicado pela gestão estadual.

Segundo publicou o portal G1, a campanha deve ser anunciada oficialmente pelo governador João Doria (PSDB) em coletiva de imprensa no início da tarde desta terça (20).

Segundo a Secretaria dos Transportes Metropolitanos, cerca de 9.500 trabalhadores devem ser imunizados. Todos os operadores de trem serão vacinados, independentemente da idade.

Jornal Midiamax