Brasil

Michelle Bolsonaro diz que se vacinou nos EUA

Imunização aconteceu após um teste PCR

Renata Fontoura Publicado em 25/09/2021, às 14h13

Bolsonaro afirmou que esposa é "maior de idade"
Bolsonaro afirmou que esposa é "maior de idade" - Reprodução, Carolina Antunes/PR

A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, explicou na noite de sexta-feira (25), a razão de ter se vacinado nos Estados Unidos: a imunização ocorreu após ela fazer um teste PCR.

Segundo nota comunicada, o exame aconteceu para retornar ao Brasil. Em seguida, um médico norte-americano perguntou se não gostaria de aproveitar e já se vacinar. 

Conforme o Extra Globo, Michelle tenta "desfazer a surpresa de ter optado por ser imunizada fora do Brasil e elogiou o sistema de saúde brasileiro". O presidente chegou a fazer declarações sobre a notícia. 

"Olha o que aconteceu com a minha esposa. Me perguntou se 'tomo ou não a vacina?'. Veio conversar comigo. Sabe como é que é esposa, sabe como é. Tomo ou não? Dei minha opinião. Vou dizer o que ela fez: tomou a vacina. É maior de idade, tem 39 anos. Tomou a vacina. Se for para vacinar a Laura (filha caçula), de 10 anos, vamos decidir", declarou Jair Bolsonaro. 

Segundo a nota divulgada pela Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social), Michelle viajou a Nova York para acompanhar Bolsonaro nas agendas oficiais e também para cumprir uma agenda sobre doenças raras, causa que tem a sua adesão, na Missão do Brasil na ONU (Organização das Nações Unidas). 

Jornal Midiamax