Brasil

Justiça autoriza funcionamento dos Correios durante lockdown em Dourados

Somente serviços considerados essenciais podem funcionar

Diego Alves Publicado em 31/05/2021, às 20h05

A ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) conseguiu autorização judicial para funcionar durante lockdown em Dourados. A Justiça Federal autorizou o funcionamento, devido a um mandado de segurança impetrado pelos Correios.

Devido ao aumento dos casos e falta de leitos, o prefeito Alan Guedes (PP) decretou lockdown na cidade na última sexta-feira (28). Somente serviços considerados essenciais, podem funcionar em um cenário também com restrição de circulação de pessoas.

"São cerca de 40 a 50 pessoas aguardando um leito de UTI. De cada dez pacientes que são intubados, apenas 5 conseguem sobreviver. Isso demonstra a violência e a gravidade que as pessoas tem chegado às UTIs da nossa cidade. Além disso Dourados lidera o ranking de novas infecções no Estado, com cerca de 220 novos caso por dia. Por isso, precisamos reverter o fluxo de atendimentos”, disse o prefeito.

Jornal Midiamax