Brasil

Fiocruz confirma presença da variante brasileira do coronavírus no RJ

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) confirmou nesta terça-feira (16), pela primeira vez, a presença no Rio de Janeiro da variante brasileira do coronavírus. As informações são do G1. Essa mutação, chamada de P.1., foi identificada primeiro em Manaus. É mais transmissível, embora não se tenha confirmação de que seja mais letal. A fundação fez o […]

Agência Estado Publicado em 16/02/2021, às 12h19

São 21 novas mortes em MS em 24 horas. (Agência Brasil/Arquivo)
São 21 novas mortes em MS em 24 horas. (Agência Brasil/Arquivo) - São 21 novas mortes em MS em 24 horas. (Agência Brasil/Arquivo)

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) confirmou nesta terça-feira (16), pela primeira vez, a presença no Rio de Janeiro da variante brasileira do coronavírus. As informações são do G1.

Essa mutação, chamada de P.1., foi identificada primeiro em Manaus. É mais transmissível, embora não se tenha confirmação de que seja mais letal.

A fundação fez o sequenciamento genético de uma amostra e confirmou tratar-se da P.1., mas não informou se há transmissão local dessa mutação em solo fluminense ou se essa amostra é de alguém que pegou a variante em outro lugar e ficou doente no RJ.

Segundo a Fiocruz, apenas uma investigação epidemiológica vai apontar a origem do vírus — a cargo das secretarias de Saúde e do Ministério da Saúde.

Jornal Midiamax