Brasil

Com o pior resultado desde 2012, Brasil tem 14,1% na taxa de desemprego

Com a taxa de desemprego em 14,1, este é o pior resultado divulgado desde 2012. Esse é um dado levantado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), feito trimestralmente e é referente até novembro de 2020. A taxa em 2019 foi de 11.2, crescendo 2,9 em um ano. Já estava previsto que a taxa […]

Carolina Rocha Publicado em 28/01/2021, às 16h13

None
desemprego.jpg

Com a taxa de desemprego em 14,1, este é o pior resultado divulgado desde 2012. Esse é um dado levantado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), feito trimestralmente e é referente até novembro de 2020. A taxa em 2019 foi de 11.2, crescendo 2,9 em um ano.

Já estava previsto que a taxa ficaria em 14% neste período. Ao todo, a população desocupada era de 14 milhões de pessoas, um pouco acima do outro trimestre, que era de 13,8 milhões. Em 2019, subiu para 18,2%, que significa 2,2 milhões de pessoas a mais.

A população que possui um emprego também subiu 4,8%, o que significa 3,9 pessoas encontraram trabalho no período em relação ao trimestre anterior. Porém, comparando com 2019, houve uma queda de 9,4%, representando 8,8 milhões de pessoas.

Com a divulgação desses número, o nível de ocupação subiu para 1,8 p. p. frente ao trimestre anterior para 48,6% e caiu 6,5 p.p. em relação ao mesmo trimestre de 2019.

Jornal Midiamax