Brasil

Churrasco de Dia das Mães de Bolsonaro teve picanha de R$ 1,7 mil o quilo

Presidente postou foto com dois pedaços da carne avaliados em R$ 600 cada

Gabriel Neves Publicado em 11/05/2021, às 07h37

Peça teve embalagem personalizada com slogan de camapnha do presidente.
Peça teve embalagem personalizada com slogan de camapnha do presidente. - (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

O presidente Jair Bolsonaro realizou um churrasco no Palácio da Alvorada em comemoração ao Dia das Mães, neste domingo (9), com peças de picanha que custam R$ 1.799,99 o quilo.

Um amigo do presidente, que se apresenta como ‘churrasqueiro dos famosos’, foi contratado para preparar a carne e postou uma foto em suas redes sociais uma foto ao lado de Bolsonaro.

Na imagem, cada um segura uma peça de carne em uma embalagem personalizada com o slogan da última campanha presidencial: “Brasil, acima de tudo, Deus acima de todos”.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a peça com a embalagem personalizada é vendida por um frigorífico em Goiás com o nome de “picanha Mito”. Sem a embalagem personalizada, a picanha de gado da raça wagyu, de origem japonesa, é vendida por R$ 1.799,99 o quilo.

Conforme a apuração da Folha, uma peça, como a da foto do presidente com o churrasqueiro, tem em média 350 g e custa cerca de R$ 600.

Jornal Midiamax