Brasil

Butantan afirma que pode negociar 54 milhões de doses da vacina com estados e municipios

O presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, informou na manhã desta sexta-feira (28), que tem a possibilidade de negociar a venda dos 54 milhões de doses para estados e municípios brasileiros. Essa será uma segunda opção, caso o Ministério da Saúde opte por não comprar. A informação foi dada na manhã desta quinta-feira (28), em […]

Carolina Rocha Publicado em 28/01/2021, às 17h15

Presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas. (Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo)
Presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas. (Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo) - Presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas. (Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo)

O presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, informou na manhã desta sexta-feira (28), que tem a possibilidade de negociar a venda dos 54 milhões de doses para estados e municípios brasileiros. Essa será uma segunda opção, caso o Ministério da Saúde opte por não comprar.

A informação foi dada na manhã desta quinta-feira (28), em uma entrevista ao Globo News. O presidente do Instituto informou que ofereceu 100 milhões de doses, mas o governo demonstrou interesse na compra de 46 milhões.

As outras 54 milhões de doses estão previstas para ficarem prontas até início de abril e ainda não foram confirmadas interesse do governo federal.

Na noite da quarta-feira (27), o ministério da Saúde afirmou em nota que tem exclusividade contratual para compra das vacinas e que pode decidir até o final de maio para decidir se irá adquirir as doses.Bu

Jornal Midiamax