Brasil

Após 19 anos de casados, mineiro é preso e confessa que envenenou cerveja da esposa

Homem comprou veneno pela internet

Karina Campos Publicado em 21/04/2021, às 10h02

None
(Foto: Ilustrativa)

Um homem de 42 anos foi preso, na última segunda-feira (19), após confessar que envenenou a cerveja da esposa, em Mateis Leme, Minas Gerais. A mulher, com quem ele era casado há 19 anos, está internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), em estado grave.

De acordo com o Portal Uol, o rapaz confessou que misturou dietilenoglicol na bebida. O componente químico foi comprado pela internet por R$ 35, de uma empresa de São Paulo, que está sendo investigada.

Para a polícia, o marido disse que cometeu o crime por estar passando por problemas conjugais e mostrou a nota fiscal do químico. Durante a coletiva de imprensa da Polícia Civil a delegada do caso, Lígia Mantovani explicou que o envenenamento aconteceu no dia 11 de abril, e passando mal, a vítima procurou o hospital dois dias depois, precisando ser transferida para Belo Horizonte.

"Ele alega que o motivo do envenenamento era briga conjugais e traições que teriam acontecido no passado, além de problemas financeiros".

Cervejaria Backer

A suspeita é que o rapaz tenha se inspirado no caso da Cervejaria Backer, onde 10 pessoas morreram envenenadas pela cerveja. Em 2019, 11 pessoas foram indiciadas por jogar o elemento químico no tanque de armazenamento da fábrica.

Jornal Midiamax