Brasil

Anvisa autoriza testes clínicos em humanos da vacina ButanVac

O imunizante promete ser o primeiro do tipo com produção 100% nacional

Da redação Publicado em 09/06/2021, às 18h02

None

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) anunciou hoje que deu o aval para o início dos testes clínicos em humanos da vacina contra a covid-19 desenvolvida pelo Instituto Butantan, a ButanVac. O imunizante promete ser o primeiro do tipo com produção 100% nacional.

O Butantan aguardava o aval desde abril, e afirma que já iniciou a produção da vacina, mesmo ainda distante da possibilidade de ter pelo menos uma autorização para uso emergencial, assim como foi concedida para a CoronaVac em janeiro. 

Em nota, a Anvisa afirmou que a instituição ligada ao governo paulista ainda terá que apresentar "informações complementares" antes de começar a aplicação experimental da ButanVac. A agência federal também disse que nas últimas semanas houve "intensa troca de informações" e reuniões com o Butantan para definir a autorização.

O imunizante está sendo produzido desde o fim de abril, como foi anunciado pelo diretor do Butantan, Dimas Covas, em seu depoimento à CPI da Covid, e já possui ao menos 7 milhões de doses estocadas. Segundo Dimas, a meta seria entregar 18 milhões de doses até 31 de julho e 40 milhões até 30 de setembro.

Nas redes sociais, o governador João Doria (PSDB) comemorou a autorização da Anvisa para início de testes da vacina. "A Anvisa acaba de autorizar os testes clínicos com a ButanVac, a vacina do Butantan contra a Covid-19, que não depende de insumos de outros países para sua produção. O Instituto Butantan já tem 7 milhões de doses prontas da ButanVac. Grande notícia. Obrigado Anvisa", escreveu Doria.

Jornal Midiamax