Brasil

Tribunal decide nesta sexta se aceita pedido de impeachment contra governador de SC

O Tribunal Especial de Julgamento irá decidir nesta sexta-feira (23) se aceita ou não a denúncia de impeachment contra o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), e da vice-governadora, Daniela Reinehr (sem partido). Caso o tribunal, formado por cinco deputados estaduais e cinco desembargadores, aceite o pedido, o governador e vice serão afastados do […]

Gabriel Neves Publicado em 23/10/2020, às 07h32

Governador Moisés e a vice, Daniela Reinehr, ambos são alvo de processo de impeachment (Foto: Reprodução/Júlio Cavalheiro/Secom)
Governador Moisés e a vice, Daniela Reinehr, ambos são alvo de processo de impeachment (Foto: Reprodução/Júlio Cavalheiro/Secom) - Governador Moisés e a vice, Daniela Reinehr, ambos são alvo de processo de impeachment (Foto: Reprodução/Júlio Cavalheiro/Secom)

O Tribunal Especial de Julgamento irá decidir nesta sexta-feira (23) se aceita ou não a denúncia de impeachment contra o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), e da vice-governadora, Daniela Reinehr (sem partido).

Caso o tribunal, formado por cinco deputados estaduais e cinco desembargadores, aceite o pedido, o governador e vice serão afastados do cargo por até 180 dias, conforme publicado no portal G1.

A sessão está marcada para começar às 9h no plenário da Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina).

Oficializada em julho, a solicitação de afastamento do governador e da vice aponta suspeita de crime de responsabilidade em aumento salarial dado aos procuradores do estado em 2019.

O TCE (Tribunal de Contas do Estado) determinou que o pagamento do aumento aos procuradores fosse interrompido.

As defesas de Moisés e Reinehr negam que tenha havido crime de responsabilidade fiscal.

Jornal Midiamax