Brasil

PGR vai ao STF e quer investigação contra Bolsonaro sobre acusações de Moro

Acusações feitas pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), durante pronunciamento em que comunicou sobre sua demissão, são assunto de pedido de instauração de inquérito feito pela PGR (Procuradoria-Geral da República) ao STF (Supremo Tribunal Federal). PGR quer que o Supremo investigue as interferências políticas e pedidos de infor...

Aliny Mary Dias Publicado em 24/04/2020, às 16h51

Agência Brasil
Agência Brasil - Agência Brasil

Acusações feitas pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), durante pronunciamento em que comunicou sobre sua demissão, são assunto de pedido de instauração de inquérito feito pela PGR (Procuradoria-Geral da República) ao STF (Supremo Tribunal Federal).

PGR quer que o Supremo investigue as interferências políticas e pedidos de informações sobre investigações em andamentos na Polícia Federal supostamente solicitadas por Bolsonaro.

Os crimes que devem ser apurados são crimes de falsidade ideológica, coação no curso do processo, advocacia administrativa, prevaricação, obstrução de justiça, corrupção passiva privilegiada, denunciação caluniosa e crime contra a honra

“A dimensão dos episódios narrados revela a declaração de Ministro de Estado de atos que revelariam a prática de ilícitos, imputando a sua prática ao Presidente da República, o que, de outra sorte, poderia caracterizar igualmente o crime de denunciação caluniosa”, aponta o procurador-geral Augusto Aras.

Jornal Midiamax