Brasil

Mourão defende aproximação com parceiros comercias sem barreiras ideológicas

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse nesta quarta-feira, 13, em webinar promovido pela Câmara Árabe, que é preciso buscar aproximação com os parceiros comerciais sem as barreiras ideológicas ou culturais. Ele voltou a destacar a importância das relações com os países árabes, ressaltando que o País tem relações estratégicas com essas nações, construídas ao […]

Agência Estado Publicado em 13/05/2020, às 12h22

O vice-presidente, Hamilton Mourão (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
O vice-presidente, Hamilton Mourão (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil) - O vice-presidente, Hamilton Mourão (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse nesta quarta-feira, 13, em webinar promovido pela Câmara Árabe, que é preciso buscar aproximação com os parceiros comerciais sem as barreiras ideológicas ou culturais. Ele voltou a destacar a importância das relações com os países árabes, ressaltando que o País tem relações estratégicas com essas nações, construídas ao longo dos anos.

Segundo ele, o fluxo comercial com esses países no ano passado totalizou mais de US$ 12 bilhões. Os países árabes formam o terceiro parceiro comercial do Brasil, atrás apenas da China e dos Estados Unidos.

Indagado sobre acordos bilaterais, Mourão falou que o Mercosul apresenta problemas por causa da grave crise econômica que atinge a Argentina. “Ela praticamente se retirou da mesa das negociações bilaterais, isso complica as negociações, precisamos reorganizar o Mercosul até porque as relações políticas estão contaminadas, temos de trazer novamente a Argentina para o jogo ”

Para o vice-presidente, não se pode abandonar a integração do Mercosul, a despeito dos problemas que a Argentina enfrenta, pois os países deste bloco são grandes produtores de alimentos.

Jornal Midiamax