Brasil

Governo Bolsonaro adere à iniciativa dos EUA contra 5G chinês

O governo Jair Bolsonaro aderiu nesta terça-feira, dia 10, ao programa dos Estados Unidos contra o avanço da China na tecnologia 5G. O governo brasileiro anunciou o apoio à iniciativa Clean Network (Rede Limpa, em português), lançada pelo governo Donald Trump. O anúncio ocorreu numa declaração à imprensa no Palácio Itamaraty, em que Trump, derrotado […]

Agência Estado Publicado em 10/11/2020, às 23h27 - Atualizado às 23h39

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o ex-presidente dos EUA, Donald Trump, durante jantar na Flórida
Imagem: Jim Watson/AFP
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o ex-presidente dos EUA, Donald Trump, durante jantar na Flórida Imagem: Jim Watson/AFP - O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o ex-presidente dos EUA, Donald Trump, durante jantar na Flórida Imagem: Jim Watson/AFP

O governo Jair Bolsonaro aderiu nesta terça-feira, dia 10, ao programa dos Estados Unidos contra o avanço da China na tecnologia 5G. O governo brasileiro anunciou o apoio à iniciativa Clean Network (Rede Limpa, em português), lançada pelo governo Donald Trump.

O anúncio ocorreu numa declaração à imprensa no Palácio Itamaraty, em que Trump, derrotado nas eleições presidenciais, e Bolsonaro não foram citados.

A cerimônia foi conduzida pelo secretário de Crescimento Econômico, Energia e Meio Ambiente do Departamento de Estado dos Estados Unidos, Keith Krach, e pelo secretário de Negociações Bilaterais e Regionais nas Américas, embaixador Pedro Miguel da Costa e Silva.”O Brasil apoia os princípios propostos no Clean Network dos Estados Unidos”, disse o embaixador Costa e Silva.

Jornal Midiamax