Brasil

Fumaça de queimadas do Pantanal deve chegar ao Rio de Janeiro

Os incêndios que consomem a vegetação do Pantanal há um mês podem impactar também o Rio de Janeiro a partir deste sábado (19), segundo a MetSul Meteorologia. A previsão é de que a fumaça chegue ao Rio transportada pelo corredor de umidade vindo da Amazônia, passando pelo bioma e atingindo também São Paulo e o […]

Renata Fontoura Publicado em 19/09/2020, às 16h46

Na manhã deste sábado, céu nublado e mormaço na Praia do Flamengo. (Foto: Ana Branco/Agência O Globo)
Na manhã deste sábado, céu nublado e mormaço na Praia do Flamengo. (Foto: Ana Branco/Agência O Globo) - Na manhã deste sábado, céu nublado e mormaço na Praia do Flamengo. (Foto: Ana Branco/Agência O Globo)

Os incêndios que consomem a vegetação do Pantanal há um mês podem impactar também o Rio de Janeiro a partir deste sábado (19), segundo a MetSul Meteorologia.

A previsão é de que a fumaça chegue ao Rio transportada pelo corredor de umidade vindo da Amazônia, passando pelo bioma e atingindo também São Paulo e o sul de Minas Gerais.

Outro efeito da fumaça da queimada no Rio de Janeiro é a possibilidade do céu ficar mais escuro. Isto pode acontecer uma vez que as nuvens carregadas pela chuva se misturam com a fumaça.

O fenômeno não será como o ocorrido em cidades da Califórnia, como São Francisco, em que o céu ficou encoberto e com tonalidade laranja.

O tom surge quando há o encontro com um nevoeiro costeiro. Como a tendência é que a fumaça perca força antes de atingir o litoral, o efeito não deve ocorrer.

Jornal Midiamax