Brasil

Cresce o grupo de brasileiros que não querem se vacinar contra o coronavírus

Com a realidade de uma vacinação contra a Covid-19 se aproximando do Brasil, a questão de se vacinar ou não é assunto entre os cidadãos.

Dândara Genelhú Publicado em 12/12/2020, às 14h21

Imagem ilustrativa. (Foto: BBC News)
Imagem ilustrativa. (Foto: BBC News) - Imagem ilustrativa. (Foto: BBC News)

Com a realidade de uma vacinação contra a Covid-19 se aproximando do Brasil, a questão de se vacinar ou não é assunto entre os cidadãos. Neste sábado (12), a Datafolha apontou que 22% dos brasileiros não querem se vacinar contra o coronavírus.

Assim, de acordo com a pesquisa, outros 73% dos brasileiros ouvidos pretendem se imunizar contra o vírus. Contudo, em agosto deste ano, 89% da população afirmou que iriam se vacinar.

Ao portal de notícias da Uol, o professor de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), Paulo Lotufo, reforçou a importância de maior parte da população se vacinar. De acordo com ele, a vacina ainda não possui 100% de eficácia comprovada. Então, é necessário que um número expressivo de pessoas sejam imunizadas. Por fim, nas pesquisas mais recentes, 5% afirmou que não se decidiu se irá se vacinar.

Jornal Midiamax