Brasil

Confiança do empresário industrial sobe 10,9 pontos em agosto, diz Abinee

A confiança da indústria elétrica e eletroeletrônica aumentou em 10,9 pontos em agosto, para 58,2 pontos, informou nesta quinta-feira (27), com exclusividade ao Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) a Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica). Em julho o Icei (Índice de Confiança do Empresário Industrial) estava em 47,3 […]

Agência Estado Publicado em 27/08/2020, às 14h54

Imagem ilustrativa. (Foto: reprodução/Cravetiger/Getty Images)
Imagem ilustrativa. (Foto: reprodução/Cravetiger/Getty Images) - Imagem ilustrativa. (Foto: reprodução/Cravetiger/Getty Images)

A confiança da indústria elétrica e eletroeletrônica aumentou em 10,9 pontos em agosto, para 58,2 pontos, informou nesta quinta-feira (27), com exclusividade ao Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) a Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica). Em julho o Icei (Índice de Confiança do Empresário Industrial) estava em 47,3 pontos.

“Temos observado em diversos indicadores que estamos superando o momento de dificuldades e que nosso setor já começa a recuperar seu nível de atividade normal”, afirma o presidente-executivo da Abinee, Humberto Barbato.

Esse foi o terceiro aumento consecutivo desse indicador e a primeira vez que ele ultrapassa a linha divisória dos 50 desde a chegada do coronavírus no Brasil, em meados de março de 2020.

“Esse resultado indica retomada da confiança do empresário do setor”, disse Barbato.

O Icei varia de 0 a 100 pontos, sendo que valores acima de 50 pontos mostram confiança do empresário industrial e abaixo de 50 pontos apontam falta de confiança.

Com o incremento de agosto, o Icei superou também os 57,5 pontos anotados em agosto do ano passado, informou a Abinee.

Jornal Midiamax