Brasil

Chuva em São Paulo causa 85 pontos de alagamentos e aulas em escolas são suspensas

A cidade de São Paulo registrou, por volta das 11h da manhã desta segunda-feira (10), 85 pontos de alagamento, sendo 13 deles na Marginal Tietê e sete na região da Marginal Pinheiros. A previsão do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências) é que a chuva intensa continue até o fim da tarde. O Corpo de […]

Agência Brasil Publicado em 10/02/2020, às 11h39

(Foto: Agência Brasil)
(Foto: Agência Brasil) - (Foto: Agência Brasil)

A cidade de São Paulo registrou, por volta das 11h da manhã desta segunda-feira (10), 85 pontos de alagamento, sendo 13 deles na Marginal Tietê e sete na região da Marginal Pinheiros. A previsão do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências) é que a chuva intensa continue até o fim da tarde.

O Corpo de Bombeiros registrou 36 desabamentos e 320 pontos de enchente no município. Os principais rios da capital paulista transbordaram. O Pinheiros segue alagando a Marginal Pinheiros na altura da Ponte Cidade Universitária e da Ponte do Jaguaré. O ponto mais crítico do Rio Tietê é próximo à Ponte do Piqueri. Os córregos que ainda registram transbordamento são: Córrego Tremembé, Córrego Ipiranga, Córrego Pirajuçara e Córrego Perus.

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) suspendeu o Rodízio Municipal de Veículos para carros e caminhões, durante o dia todo. A Linhas 9 Esmeralda da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) opera parcialmente, devido ao alagamento nos trilhos.

Aulas suspensas

A Secretaria de Educação do Estado de São Paulo suspendeu as aulas desta segunda-feira (10) em 37 escolas, de um total de pouco mais de 5 mil unidades, em função das fortes chuvas que atingiram a capital paulista na madrugada. O conteúdo das aulas será reposto futuramente.

A secretaria informa que as consequências das chuvas serão monitorados pelas respectivas diretorias regionais de Ensino, para a tomada das devidas providências e obras emergenciais. “Não serão realizadas atividades de avaliação, introdução de novas habilidades ou qualquer atividade relevante que venha a prejudicar aqueles que não tenham conseguido chegar às escolas”.

Jornal Midiamax