Brasil

Bolsonaro diz que acusações de Moro são ‘inverídicas’, mas não informa se vai à Justiça contra ele

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) negou, na tarde desta sexta-feira (24), acusações feitas pelo ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, ao pedir demissão mais cedo. Bolsonaro afirmou que as informações do ex-juiz federal são infundadas, mas não disse se irá acionar Moro judicialmente. Bolsonaro afirmou que o que Moro disse sobre ele tentar interferir em […]

Aliny Mary Dias Publicado em 24/04/2020, às 16h45 - Atualizado às 17h21

Foto: Reprodução.
Foto: Reprodução. - Foto: Reprodução.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) negou, na tarde desta sexta-feira (24), acusações feitas pelo ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, ao pedir demissão mais cedo. Bolsonaro afirmou que as informações do ex-juiz federal são infundadas, mas não disse se irá acionar Moro judicialmente.

Bolsonaro afirmou que o que Moro disse sobre ele tentar interferir em investigações em andamento e até em relatórios de inteligência na Polícia Federal são “infundadas e inverídicas”.

“O ministro sabe que jamais lhe procurei para interferir nas investigações que estavam sendo realizadas. O senhor [Moro] não vai me chamar de mentiroso”, atacou o presidente.

Bolsonaro ainda falou sobre declarações de Moro de que estaria deixando o ministério porque presava por sua biografia. “Nós que estamos na linha de frente, nós ministros, temos algo muito mais importante que a biografia, é o bem estar do nosso povo, o futuro da nossa nação”.

Jornal Midiamax