Brasil

Bolsonaro deve permanecer em SC até quarta-feira em curto período de férias

Em agenda privada, o presidente Jair Bolsonaro deve permanecer em São Francisco do Sul, no norte de Santa Catarina, até esta quarta-feira, 23. Sem compromissos oficiais, o chefe do Executivo está hospedado no Forte Marechal Luz desde sábado, dia 19. O curto período de férias do presidente ocorre em meio às pressões direcionadas ao governo […]

Agência Estado Publicado em 22/12/2020, às 12h13 - Atualizado às 12h16

Foto: Isac Nóbrega/PR
Foto: Isac Nóbrega/PR - Foto: Isac Nóbrega/PR

Em agenda privada, o presidente Jair Bolsonaro deve permanecer em São Francisco do Sul, no norte de Santa Catarina, até esta quarta-feira, 23. Sem compromissos oficiais, o chefe do Executivo está hospedado no Forte Marechal Luz desde sábado, dia 19. O curto período de férias do presidente ocorre em meio às pressões direcionadas ao governo sobre a estratégia de vacinação contra a covid-19 e enquanto a doença tem nova alta no País.

Em transmissão ao vivo nas redes sociais na semana passada, Bolsonaro disse que viajaria ao Estado para pescar acompanhado do secretário especial da Pesca, Jorge Seif. Como Broadcast/Estadão mostrou, Seif é amigo do presidente e tem sido incentivado a concorrer ao Senado em 2022. Acompanhado do secretário, Bolsonaro esteve na manhã desta segunda-feira no Farol da Ilha da Paz. Ele publicou imagens do passeio em suas redes sociais.

Sobrevoo

Na chegada ao Estado, no sábado, Bolsonaro sobrevoou áreas afetadas pelo forte temporal que atingiu parte de Santa Catarina na semana passada. Acompanhado do ministro Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional, e do governador do Estado, Carlos Moisés (PSL), o presidente sobrevoou a região do Vale do Itajaí.

Em vídeos publicados nas redes sociais, Bolsonaro lamentou as mortes causadas pelas fortes chuvas e destacou que o governo atuará para “atender no que for possível os municípios atingidos”. O temporal deixou famílias desabrigadas em cerca de 20 cidades.

Jornal Midiamax