Brasil

Bolsonaro anuncia auxílio de R$ 300 por mês até o final de 2020

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou, ao lado da equipe econômica, a extensão do auxílio emergencial até dezembro. O valor, no entanto, passará a R$ 300. Portanto, serão mais quatro parcelas de R$ 300 até dezembro. Bolsonaro disse que o valor foi decidido com base na “responsabilidade fiscal” e que é um pouco acima […]

Matheus Maderal Publicado em 01/09/2020, às 08h57 - Atualizado às 10h50

O presidente Jair Bolsonaro. (Foto: Marcos Corrêa/PR)
O presidente Jair Bolsonaro. (Foto: Marcos Corrêa/PR) - O presidente Jair Bolsonaro. (Foto: Marcos Corrêa/PR)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou, ao lado da equipe econômica, a extensão do auxílio emergencial até dezembro. O valor, no entanto, passará a R$ 300. Portanto, serão mais quatro parcelas de R$ 300 até dezembro.

Bolsonaro disse que o valor foi decidido com base na “responsabilidade fiscal” e que é um pouco acima de 50% do valor do Bolsa Família. Na sequência, o ministro da Economia, Paulo Guedes, falou da retomada da agenda de reformas. Ele disse que a proposta da Reforma Administrativa, a ser enviada na próxima quinta-feira (3) para análise do Congresso, “redefine toda a trajetória do serviço público para o futuro, com meritocracia e concursos exigentes”.

“Tivemos reunião muito produtiva com os líderes e tomamos duas decisões, a primeira é encaminhar na quinta-feira a reforma administrativa, que fique bem claro não atingirá nenhum dos atuais servidores. Ela se aplicará apenas aos futuros servidores concursados”, antecipou o presidente.

Veja a anúncio:

Jornal Midiamax