Brasil

André Brandão é escolhido novo presidente do Banco do Brasil

Uma semana após Rubem Novaes entregar sua carta de demissão, o executivo André Brandão é escolhido novo presidente do Banco do Brasil. O presidente Jair Bolsonaro deve se reunir com o ministro da economia Paulo Guedes ainda nesta segunda-feira (3) para oficializar a escolha. Segundo o Estadão Conteúdo, Bolsonaro havia argumentado ontem (2) que “ainda […]

Danielle Errobidarte Publicado em 03/08/2020, às 07h15

André Brandão, escolhido para substituir Rubem Novaes (Foto: Reprodução/ Bruno Santos -Folhapress)
André Brandão, escolhido para substituir Rubem Novaes (Foto: Reprodução/ Bruno Santos -Folhapress) - André Brandão, escolhido para substituir Rubem Novaes (Foto: Reprodução/ Bruno Santos -Folhapress)

Uma semana após Rubem Novaes entregar sua carta de demissão, o executivo André Brandão é escolhido novo presidente do Banco do Brasil. O presidente Jair Bolsonaro deve se reunir com o ministro da economia Paulo Guedes ainda nesta segunda-feira (3) para oficializar a escolha.

Segundo o Estadão Conteúdo, Bolsonaro havia argumentado ontem (2) que “ainda precisa falar com o Guedes” para nomeação oficial do posto. “Tenho total confiança no Guedes, a escolha é dele”, completou.

Novaes pediu demissão em meio a pressão de dirigir o banco. Apesar de ser um nome com o aval do ministro Guedes, o executivo avisou Bolsonaro que estava de saída no dia 24.

André Brandão foi presidente do HSBC no último ano em que o banco atendeu o varejo no Brasil, em 2016, quando foi vendido ao Bradesco pelo equivalente a R$ 17,6 bilhões na época. Ele estava no cargo desde 2012, e na instituição desde 1999. Além de São Paulo, Brandão já trabalhou na filial em Nova York e no Citibank. Sua última ocupação foi na área de “global banking and markets” do HSBC para a Europa e Américas.

Jornal Midiamax