Brasil

Mulher sobrevive a ataque de 70 facadas do ex-namorado, lutador de artes marciais

Aline Guimarães, de 38 anos, foi atacada com 70 facadas pelo ex-namorado, em Taubaté, São Paulo. A vítima, que trabalha como vendedora, sobreviveu e o rapaz, que é lutador de artes marciais, foi preso e confessou o crime. Conforme o portal Uol, a mulher está internada na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) e segue em […]

Da Redação Publicado em 26/07/2019, às 17h51 - Atualizado às 17h51

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução - Foto: Reprodução

Aline Guimarães, de 38 anos, foi atacada com 70 facadas pelo ex-namorado, em Taubaté, São Paulo. A vítima, que trabalha como vendedora, sobreviveu e o rapaz, que é lutador de artes marciais, foi preso e confessou o crime.

Conforme o portal Uol, a mulher está internada na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) e segue em estado grave.

O delegado que investiga o caso, José Antônio de Paiva, disse que a vítima estava em casa quando o agressor invadiu o local e a esfaqueou com mais de uma faca. Uma das armas chegou a quebrar durante o ataque.

Os vizinhos ouviram os gritos e chamaram a polícia e o caso foi registrado como tentativa de feminicídio. O suspeito, conforme o delegado, “é frio e não demonstra arrependimento”. Ele confirmou que o motivo alegado pelo acusado para tentar matar a vítima foi o fim do relacionamento entre os dois.

A Polícia Civil disse que até a próxima semana deve concluir o inquérito e enviar ao Ministério Público a denúncia contra ele.

Jornal Midiamax