Brasil

MEC remaneja orçamento e libera R$ 1,1 bilhão para universidades e institutos federais

O MEC (Ministério da Educação) anunciou nesta sexta-feira (18) o descontingenciamento do orçamento das universidades federais. Serão liberados R$ 771 milhões para universidades e R$ 336 milhões para institutos federais. Segundo o ministro Abraham Weintraub, o descontingenciamento foi possível a partir do remanejamento do orçamento do MEC. “Cem por cento de todo o orçamento para […]

Mylena Rocha Publicado em 18/10/2019, às 12h48

Wilson Dias/Agência Brasil
Wilson Dias/Agência Brasil - Wilson Dias/Agência Brasil

O MEC (Ministério da Educação) anunciou nesta sexta-feira (18) o descontingenciamento do orçamento das universidades federais. Serão liberados R$ 771 milhões para universidades e R$ 336 milhões para institutos federais.

Segundo o ministro Abraham Weintraub, o descontingenciamento foi possível a partir do remanejamento do orçamento do MEC. “Cem por cento de todo o orçamento para o custeio das universidades federais e institutos estão sendo descontingenciados neste momento”, disse o ministro em entrevista à imprensa.

De acordo com o secretário executivo do ministério, Paulo Vogel, estão sendo liberados R$ 1,1 bilhão dos R$ 19,6 bilhões que já estavam previstos para as despesas discricionárias do MEC. Vogel disse que o valor está sendo realocado de outras despesas ministeriais.

O bloqueio de 30% no orçamento de universidades havia sido feito em abril pelo MEC. A medida atingiu cerca de R$ 2 bilhões do orçamento de universidades e institutos. Na época, o corte veio junto com uma série de polêmicas a respeito de ‘balbúrdia’ nas universidades. O caso serviu como motivação para uma série de protestos pela educação e contra o governo em MS e em outros estados do país.

(com informações da Agência Brasil)

Jornal Midiamax