Brasil

Sete manifestantes são presos por bloquear rodovias no Maranhão

Nenhum caminhoneiro foi identificado entre os sete

Egina Becker Publicado em 29/05/2018, às 14h30 - Atualizado às 14h33

Carlos Marun, Eliseu Padilha e Sérgio Etchegoyen
Carlos Marun, Eliseu Padilha e Sérgio Etchegoyen - Carlos Marun, Eliseu Padilha e Sérgio Etchegoyen

Nesta terça-feira (29), Sérgio Etchegoyen, ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), afirmou que foram presos sete manifestantes que bloqueavam e impediam que comboios de reabastecimento passassem nas rodovias de São Luís/MA. Segundo ele, a polícia precisou usar força para conter o grupo.

Nos estados de Piauí e Acre os comboios estão sendo escoltados pela PRF, garantindo que cheguem aos destinos para abastecimento. A polícia também precisou do uso de força para conter tentativas de bloqueio nos dois estados e, segundo o ministro do GSI, nenhum tipo de violência foi empregue pela polícia.

Carlos Marun, ministro da Secretaria de Governo, alegou que durante a contenção dos manifestantes presos os caminhoneiros estavam nas boleias dos caminhões tentando ultrapassar os bloqueios, contudo, segundo ele, há “oportunistas que estão fazendo os caminhoneiros de reféns”.

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, enfatizando a afirmativa de Marun, disse que muitos dos caminhoneiros querem retornar as atividades, porém, os manifestantes políticos infiltrados entre os profissionais estão dificultando o encerramento dos bloqueios das rodovias.

Até o momento, o reabastecimento ainda está ocorrendo de forma lenta. Conforme ministro Eliseu Padilha, os caminhões de transporte de medicamentos, ração e combustíveis estão sendo escoltados pelas forças federais para garantir a chegada aos destinos.

Jornal Midiamax