Ministros reclamam de greve dos caminhoneiros durante sessão do STF

Em conversa captada pelo sistema de áudio do Supremo Tribunal Federal (STF), os ministros Celso de Mello e Gilmar Mendes reclamaram da crise de abastecimento causada pela greve dos caminhoneiros. O diálogo era particular e vazou acidentalmente durante a sessão, realizada nesta quinta-feira. Gilmar Mendes comentou que a mulher, Guiomar, estava na rua e que […]
| 24/05/2018
- 23:03
Ministros reclamam de greve dos caminhoneiros durante sessão do STF

Em conversa captada pelo sistema de áudio do Supremo Tribunal Federal (STF), os ministros Celso de Mello e Gilmar Mendes reclamaram da crise de abastecimento causada pela . O diálogo era particular e vazou acidentalmente durante a sessão, realizada nesta quinta-feira.

Gilmar Mendes comentou que a mulher, Guiomar, estava na rua e que a situação estava “impossível”. Celso de Mello, o mais antigo integrante da Corte, concordou – e acrescentou que a paralisação era “um absurdo”.

— Que crise, hein? Guiomar está na rua agora, está impossível… — iniciou Gilmar.

— É um absurdo, faz-nos reféns. Tudo bem que eles possam até ter razão aqui ou ali, mas é um absurdo — respondeu Celso, completando: — Minha filha está vindo de São Paulo para cá…

O diálogo aconteceu enquanto os ministros elegiam a ministra Rosa Weber para continuar integrando o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por mais dois anos, um procedimento de praxe na Corte. O áudio foi interrompido abruptamente quando Rosa foi eleita para continuar no cargo.

 

OGlobo / Foto: Givaldo Barbosa

 

 

 

Veja também

A súmula 450 do TST previa o pagamento em dobro também do terço constitucional

Últimas notícias