Brasil

Médicos: Bolsonaro chegou a hospital com forte hemorragia, mas está estável

Uol A Santa Casa de Juiz de Fora (MG) realizou uma entrevista coletiva na noite desta quinta-feira (6) para informar o estado de saúde do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), que no início da tarde foi esfaqueado durante um ato de campanha na cidade mineira. Segundo os médicos que participaram da entrevista, o candidato à Presidência […]

Diego Alves Publicado em 06/09/2018, às 20h31

None

Uol

A Santa Casa de Juiz de Fora (MG) realizou uma entrevista coletiva na noite desta quinta-feira (6) para informar o estado de saúde do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), que no início da tarde foi esfaqueado durante um ato de campanha na cidade mineira.

Segundo os médicos que participaram da entrevista, o candidato à Presidência está estável, mas seu quadro é “naturalmente grave” devido aos ferimentos sofridos. Ele está respirando sem ajuda de aparelhos e já recobrou a consciência.

De acordo com os cirurgiões Luiz Henrique Borsato e Gláucio Souza, Bolsonaro chegou ao hospital em estado de “choque”, em estado grave e com pressão muito baixa devido à perda de sangue.

“Ele deu entrada no hospital com sinais de choque e hemorragia interna de caráter de  urgência, volumosa, de uma veia de abdome”, explicaram.

Jornal Midiamax