Brasil

Fantasiado de Ku Klux Klan em festa, homem causa revolta na internet

A festa de Halloween aconteceu no sábado (27) em Araçatuba, São Paulo. O homem foi com trajes típicos da Ku Klux Klan e postou as fotos em sua rede social. Os organizadores da festa também compartilharam as fotos. A KKK foi um movimento radical de direita que ficou mais conhecido por pregar a supremacia branca […]

Raira Rembi Publicado em 01/11/2018, às 08h51 - Atualizado às 08h53

Na 'fantasia' o home também usou o brasão da KKK
Na 'fantasia' o home também usou o brasão da KKK - Na 'fantasia' o home também usou o brasão da KKK

A festa de Halloween aconteceu no sábado (27) em Araçatuba, São Paulo. O homem foi com trajes típicos da Ku Klux Klan e postou as fotos em sua rede social. Os organizadores da festa também compartilharam as fotos.

A KKK foi um movimento radical de direita que ficou mais conhecido por pregar a supremacia branca e assinar negros nos Estados Unidos. Usuários das redes sociais ficaram revoltados com a ‘fantasia’, considerando racista e ofensiva.

“Eu fui à festa (mesmo não sendo aluno) e fiquei CHOCADO quando minha amiga disse que tinha uma fantasia de KKK. Por uma noite fui transportado pra 1920”.

“O cara se fantasia de KKK e vocês vão continuar dizendo que está tudo certo?”.

Com a repercussão da foto a academia que organizou a festa divulgou uma nota lamentando o fato.

Nota

“No dia 27/10 um de nossos alunos trajou fantasia que aludia as vestimentas usadas pelo antigo movimento KKK. Nós esclarecemos que lamentamos e não pactuamos com qualquer forma de discriminação e preconceito. Assim, com este ato, se solidariza com todos que sofreram algum tipo de constrangimento e discriminação com o ocorrido e reafirma o compromisso com a promoção da igualdade étnico racial, de gênero e religiosa para com a sociedade”.

Segundo o G1, os organizadores disseram que durante a festa ninguém associou a fantasia a KKK. “A maioria nem se ligou durante a festa ou quem percebeu não falou nada na hora. Pensamos que ele estava vestido de fantasma”.

O homem foi afastado da academia.

Jornal Midiamax