Brasil

Cármen Lúcia suspende resolução que permitia cobrar até 40% por procedimentos de saúde

A presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Cármen Lúcia, suspendeu, em decisão de sábado (14) publicada nesta segunda (16), uma resolução da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) que permitia que operadoras de planos de saúde cobrassem dos usuários até 40% do valor dos atendimentos. Cármen Lúcia, que está de plantão no STF durante […]

Folhapress Publicado em 16/07/2018, às 11h25

None
Jornal Midiamax