Brasil

Bolsonaro usará bolsa de colostomia por até três meses

Segundo informações da médica Eunice Caldas Figueiredo Dantas nesta sexta-feira (07), Jair Bolsonaro (PSL), candidato à Presidência da República, usará bolsa de colostomia de dois a três meses. A médica afirmou que o candidato teve grave hemorragia e poderia não ter sobrevivido caso o atendimento não acontecesse de imediato. A prioridade da equipe do Hospital […]

Egina Becker Publicado em 07/09/2018, às 14h04 - Atualizado às 14h05

Médica Eunice Dantas
Médica Eunice Dantas - Médica Eunice Dantas

Segundo informações da médica Eunice Caldas Figueiredo Dantas nesta sexta-feira (07), Jair Bolsonaro (PSL), candidato à Presidência da República, usará bolsa de colostomia de dois a três meses.

A médica afirmou que o candidato teve grave hemorragia e poderia não ter sobrevivido caso o atendimento não acontecesse de imediato. A prioridade da equipe do Hospital da Santa Casa de Misericórdia, em Juiz de Fora, onde foi atendido, foi estancar o sangramento, agilizando transfusão.

Bolsonaro passou por intervenção na região do intestino, precisando ter retirado aproximadamente dez centímetros da área. Apesar da cirurgia ter sido “de grande porte”, Eunice afirmou que o quadro do presidenciável é estável.

Ela informou que o candidato está com sonda gástrica e oxigenado. Para Eunice, a transferência para São Paulo foi uma decisão sem risco, tendo em visto a estabilidade em que o candidato se encontrava.

Jornal Midiamax