Brasil

Bebê de três dias está preso em cela de 2 metros junto de mãe em SP

Mãe foi presa por portar 90 gramas de maconha

Joaquim Padilha Publicado em 15/02/2018, às 13h09

None

Mãe foi presa por portar 90 gramas de maconha

Um bebê de apenas três dias de vida está preso em uma cela junto com a mãe, de 24 anos, no 8º Distrito Policial de São Paulo. A mãe, Jéssica Monteiro, entrou em trabalho de parto no último domingo (11), quando ia participar de uma audiência de custódia.

Ela foi encaminhada ao Hospital Municipal Inácio Proença de Gouveia, onde deu à luz o menino Henrico. A partir daí, Jéssica foi representada pelo seu advogado na audiência, que pediu a soltura com base no comunicado de que a mãe havia entrado em trabalho de parto.

O juiz Claudio Salvetti D’Angelo ignorou o apelo e manteve a prisão. Jéssica foi escoltada de volta para a cela, de cerca de dois metros quadrados, suja e com mal cheiro, onde se acomoda com alguns cobertores isolada dos outros presos. O local não dispõe de espaço para higienização do bebê.

O crime cometido por Jéssica e o pai do bebê, Oziel Gomes da Silva, 48 anos, que também foi preso, foi tráfico de drogas. Ambos foram flagrados na última sexta-feira (9) portando cerca de 90 gramas de maconha.Bebê de três dias está preso em cela de 2 metros junto de mãe em SP

O delegado José Willy Giaconi Jt. pediu à Justiça para que a mãe e o bebê sejam removidos para um local mais adequado. “Aqui é uma cela precária de passagem de presos. Ela está isolada dos outros presos com a criança”, disse o delegado.

Ele espera que a prisioneira seja removida para um hospital penitenciário, que teria mais condições de manter a criança com três dias de idade. “Numa penitenciária com sistema hospitalar, com assistência, teria muito mais condição do que aqui”, disse.

O advogado de Jessica também entrou com um pedido de relaxamento da prisão ou prisão domiciliar, mas tudo foi negado. Uma das promotoras que negou o pedido, Ana Laura Ribeiro Teixeira Martins, também está grávida.

Jornal Midiamax