Temer avalia declaração pública sobre greve convocada por centrais

Protestos são contra reformas
| 28/04/2017
- 21:14
Temer avalia declaração pública sobre greve convocada por centrais

Protestos são contra reformas

O presidente da República, Michel Temer, ainda avalia se dará declaração pública sobre a geral desta sexta-feira, convocada pelas centrais sindicais. A resposta vai depender da análise do governo sobre a adesão aos protestos, segundo informou o jornal de Folha de S.Paulo.

Segundo o jornal, o presidente reuniu-se pela manhã com os ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral) e Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo) e considerou que o número de pessoas nas ruas em todo o país era bem menor do que apontava o monitoramento encomendado pelo governo no início da semana.

De acordo com a apuração da Folha, se fizer pronunciamento, Temer dirá que as manifestações são democráticas e é preciso respeitá-las, porém mas enfatizará que não há um sentimento generalizado contra as reformas propostas por sua gestão.

A leitura, ainda conforme a publicação, é que a greve ficou restrita, pelo menos até o início da tarde desta sexta, a movimentos sindicais e ligados a partidos de esquerda.
 

Veja também

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado realizou hoje (27) uma audiência pública...

Últimas notícias