Brasil

Polícia prende cuidadora suspeita de desviar R$ 6 milhões de idosa no Rio

Cuidadora de uma idosa de 87 anos sacou cerca de R$ 900 mil em apenas três meses

Henrique Kawaminami Publicado em 11/04/2017, às 15h21

None
desviodinheicuididosa.jpg

Cuidadora de uma idosa de 87 anos sacou cerca de R$ 900 mil em apenas três meses

Uma cuidadora foi presa nesta segunda-feira (10) suspeita de desviar R$ 6 milhões de uma mulher de 87 anos no Rio de Janeiro. A mulher trabalhava na casa da idosa há 17 anos e teria sacado em apenas três meses, cerca de R$ 900 mil da conta.

De acordo com a polícia, em 2014 foram retirados da conta de Gabriela Gonçalves Marques, quase 2 milhões. Em 2015, foram R$ 3 milhões. Policiais da delegacia do idoso abriram uma investigação após o Ministério Público receber uma denúncia anônima. Os agentes descobriram que tudo ia pra conta da cuidadora Maria do Amparo Correia.

O delegado Marcos Cipriano conta como cuidadora fazia as transferências do dinheiro.

“Essa senhora agia da seguinte forma: 17 anos cuidando da pessoa, uma intimidade muito grande, a família ausente, que é fator principal para que isso aconteça, começou a fazer cheques nominais a ela própria e a senhora vítima assinava. Ela ia ao banco e transferia esses altos valores pra sua conta bancaria ao modo que em 3 anos ela desviou R$ 6 milhões”, conta o delegado.

Em depoimento, Maria do Amparo alegou que a senhora Gabriela fez doações voluntárias para a conta dela. Mas o laudo pericial negou esta versão. Gabriela Marques, de 87 anos, morreu no mês passado. A aposentada apresentava demência senil degenerativa.

Maria do Amparo foi indiciada por apropriação e desvio de bens do idoso e pode pegar até quatro anos de prisão.

Jornal Midiamax