Brasil

Polícia descobre túnel de 600 metros abaixo de sede do Banco do Brasil

Grupo planejava roubar R$ 1 bilhão do Banco

Joaquim Padilha Publicado em 03/10/2017, às 10h59

None

Grupo planejava roubar R$ 1 bilhão do Banco

A Polícia Civil de São Paulo descobriu na noite desta segunda-feira (2) um túnel de cerca de 600 metros, escavado por um grupo que planejava chegar até o cofre da base de distribuição do Banco do Brasil, na capital paulista. Dezesseis pessoas envolvidas no caso foram presas.

Segundo a Polícia, os chefes do bando declararam que pretendiam fazer “o maior roubo a banco do mundo”. O grupo pretendia roubar R$ 1 bilhão do cofre, de acordo com a Delegacia de Roubo a Bancos do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais).

Os criminosos tinham começado a escavar o túnel em junho, mês em que alugaram uma casa próxima à base de distribuição do Banco. A passagem tinha em torno de 1,5 metro de altura. Segundo a Polícia, o grupo já era investigado há dois meses.Polícia descobre túnel de 600 metros abaixo de sede do Banco do Brasil

Os bandidos foram presos em uma residência em outra região da cidade, onde funcionava a área “logística” do crime. Na casa onde iniciaram a construção do túnel, haviam camas para que dormissem durante as escavações.

A Polícia ainda procura outros peões da obra. Luvas, maçaricos, macacões, botas de cano longo e roupas para a escavação foram apreendidos. O maior roubo a banco do País ocorreu em 2005, em Fortaleza, quando bandidos levaram R$ 164,8 milhões da sede do Banco Central.

Jornal Midiamax