Brasil

Operação da PF tem como alvo governador do Rio Grande do Norte

Robinson Faria é acusado de obstrução da Justiça

Joaquim Padilha Publicado em 15/08/2017, às 10h48

None

Robinson Faria é acusado de obstrução da Justiça

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), é alvo da operação Anteros, deflagrada na manhã desta terça-feira (15). Ele é acusado de obstruir a justiça, e sua casa é alvo de mandado de busca e apreensão, expedido pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça). 

“O ministro Raul Araújo Filho, da Corte Especial do STJ, determinou que fosse iniciada investigação preliminar para apurar crimes de organização criminosa e obstrução da Justiça que estariam sendo praticados pelo governador do Estado com ajuda de servidores estaduais”, diz a nota da PF.

As acusações são de que o governo do Rio Grande do Norte teria tentado encobrir desvios de recursos públicos, incluindo funcionários fantasmas na folha de pagamento da Assembleia Legislatina do Estado, desde 2006 até os dias de hoje.Operação da PF tem como alvo governador do Rio Grande do Norte

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a operação foi deflagrada com base em uma delação premiada, que envolve tanto o governo quanto o Legislativo e o Judiciário do Rio Grande do Norte, além de grandes empresários da capital do Estado, Natal.

Jornal Midiamax