Brasil

Força-tarefa da Lava Jato diz que vai recorrer de penas impostas a Palocci e Vaccari

Procuradores querem aumento das penas

Ana Paula Chuva Publicado em 26/06/2017, às 19h55

None

Procuradores querem aumento das penas

A força-tarefa da Operação Lava Jato, do MPF (Ministério Público Federal), afirmou nesta segunda-feira (26) que vai recorrer da sentença de Sérgio Moro que condenou Antônio Palocci e João Vaccari Neto.Força-tarefa da Lava Jato diz que vai recorrer de penas impostas a Palocci e Vaccari

Os procuradores querem o aumento das penas impostas ao ex-ministro, condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, e também para o ex-tesoureiro do PT, condenado por corrupção.

O MPF também diz que vai pedir a revisão da absolvição de Branislav Kontic, ex-assessor de Palocci, bem como dos benefícios a Renato Duque, concedidos na mesma sentença, como progressão de regime depois de cinco anos de pena e devolução apenas dos valores em sua posse.

Além do pedido de revisão, a força-tarefa ressaltou a importância das condenações.

“O MPF/PR, entretanto, ressalta a importância dessa condenação, que demonstra a possibilidade de se conjugar eficiência e agilidade da prestação jurisdicional com a garantia de todos os direitos do acusado. Além disso, essa sentença reafirma o compromisso da operação Lava Jato de trazer à Justiça todos os investigados por corrupção cuja responsabilidade seja demonstrada, independentemente de partido ou ideologia”.

Jornal Midiamax