Brasil

Família e STF confirmam presença de Teori Zavascki em avião que caiu em Paraty

Três mortes foram confirmadas

Ana Paula Chuva Publicado em 19/01/2017, às 19h26

None
terori.jpg

Três mortes foram confirmadas

O nome do Ministro Teori Zavascki, 68 anos, está na lista de passageiros do avião de pequeno porte que caiu no começo da tarde desta quinta-feira (19) no litoral de Paraty, no Rio de Janeiro, segundo informou o STF (Supremo Tribunal Federal).

De acordo com o Uol, a corte disse não ter a informação sobre se o ministro estava efetivamente na aeronave. Teori é o relator da Operação Lava Jato no Supremo.

Por telefone o filho do ministro, o advogado Francisco Prehn Zavascki teria confirmado a presença de Teori no avião. "O pai estava no avião e a família está aguardando por um milagre", disse. Ele ainda teria informado que os três filhos do relator estariam reunidos em Porto Alegre esperando por novidades. "Estamos desesperados aqui em busca de novidades. Não sabemos o que fazer. Está todo mundo reunido aqui torcendo por um milagre", concluiu. 

Em uma publicação no Facebook, Francisco disse: "Amigos, infelizmente, o pai estava no avião que caiu! Por favor, rezem por um milagre!"

Ainda de acordo com informações, o gabinete teria informado que o ministro está de férias e não tem informações sobre seu paradeiro.

De acordo com o site O Globo, o Corpo de Bombeiros teria informado que pelo menos três pessoas estão dentro do avião. O acidente ocorreu por volta das 13h30 e a aeronave teria saído do Campo de Marte, em São Paulo e tinha como destino a cidade de Paraty.

A assessoria do Corpo de Bombeiros teria informada que um dos tripulantes chegou a ser encontrado com vida, mas não resistiu. Os outros dois já estavam mortos, mas ainda não foram identificados.

O avião pertencia ao empresário da construção civil Carlos Alberto Filgueiras, dono do Hotel Emiliano. de São Paulo e está praticamente submerso o que dificulta a retirada dos corpos, e ainda de acordo com o Globo, houve a necessidade do apoio da equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros.

As águas no local são turvas e o avião ficou bastante retorcido com o impacto com o mar, o que dificulta ainda mais a atuação dos militares. 

Jornal Midiamax