Brasil

Em uma hora, duas chacinas deixam nove mortos em São Paulo

Crimes ocorreram em dois locais distantes da capital

Henrique Kawaminami Publicado em 05/04/2017, às 11h23

None
Foto: Nivaldo Lima/Futura Press/Estadão Conteúdo

Crimes ocorreram em dois locais distantes da capital

Duas chacinas deixaram nove pessoas mortas e três feridas entre a noite de terça-feira (4) e a madrugada de quinta-feira (5) em São Paulo. De acordo com a Polícia Militar, todos os disparos que mataram as vítimas partiram de ocupantes de motocicletas nas Zonas Sul e Norte da capital paulista.

A primeira chacina, por volta da meia-noite, deixou seis mortos e três feridos na Rua Antônio Sérgio de Matos, no Jaçanã, zona norte. O boletim de ocorrência indica que o ocupante de uma motocicleta fez disparos contra pessoas que estavam em um bar. As vítimas foram levadas para o Hospital do Jaçanã, Hospital do Mandaqui e Hospital Geral do Grajaú.

A chacina na zona norte aconteceu no Conjunto Habitacional Jova Rural, onde há uma base da PM instalada, a poucos metros do bar. Um Centro de Integração da Cidadania (CIC) também fica localizado em uma rua próxima.

As seis vítimas que morreram no local são Sidnei Rodrigues Cordeiro, de 38 anos; Valdir Pereira de Souza, de 46; Adriano dos Anjos Silva, de 39; Wellington Claudino de Souza, de 35; Gilmar Vieira da Silva, de 39; e Fernando, cujos sobrenomes e idade não foram informados. Apenas um deles tem passagem pela polícia por tráfico e porte de drogas.

A cerca de 50 quilômetros da primeira chacina, mais três pessoas morreram na Rua Professora Nina Stocco, no Campo Limpo, zona sul. Duas pessoas em uma motocicleta atiraram contra duas que também estavam em uma moto. A outra vítima conseguiu escapar ilesa. Próximo dali, ocupantes da mesma motocicleta fizeram disparos contra duas pessoas que também transitavam com uma moto. Um deles um morreu no local e o outro foi socorrido, mas morreu no Hospital do Campo Limpo.

Os crimes serão investigados pelo Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

Jornal Midiamax