Brasil

Eike Batista embarca para o Brasil e nega ter feito acordo de delação

Empresário vai se entregar às autoridades brasileiras

Guilherme Cavalcante Publicado em 30/01/2017, às 02h29

None
captura_de_tela_de_2017-01-29_23-33-19.png

Empresário vai se entregar às autoridades brasileiras

Antes de embarcar em um voo com destino ao Rio de Janeiro, o empresário Eike Batista declarou à imprensa que não viajou para o exterior com o objetivo de fugir. "Não. Não passou nenhuma vez ir a Alemanha. Venho sempre a Nova iorque a trabalho", declarou o empresário wm vídeo no site G1. "Estou voltando para responder a justiça como é meu dever. Meu sentimento é que tem que se mostrar o que é e que está na hora de passar as coisas a limpo", completou.

Por ter utilizado seu passaporte alemão, havia o receio de que Eike tivesse fugido para o país, que não tem acordo de extradição com o Brasil. Eike também negou ter feito um acordo de delação antes de entregar-se às autoridades brasileiras. "Estou sempre a disposição a justiça. Estou me entregando, como é meu dever", concluiu.

No Brasil, o empresário deverá ser detido assim que chegar, por volta das 10h30 no voo 973 da America Airlines. Por não ter nível superior, ele será levado a um presídio comum.

Eike Batista é acusado pelo Ministério Público Federal de envolvimento nos escândalos que levaram o ex-governador Sérgio Cabral à cadeia e teve prisão decretada durante nova fase da operação Lava Jato no Rio de Janeiro.

Denunciado por corrupção ativa, Eike é acusado de ter pago US$ 16,5 milhões a Cabral. Ainda não se sabem quais vantagens foram oferecidas por Cabral a Eike em troca do dinheiro.

Jornal Midiamax