Brasil

Senado aprova redução de ministérios de 32 para 26

Também devem ser cortados cargos e funções comissionadas

Norberto Liberator Publicado em 09/09/2016, às 14h33

None
ministerios_ebc.jpg

Também devem ser cortados cargos e funções comissionadas

A proposta do governo de Michel Temer, de reduzir ministérios de 32 para 26 e cortar cargos e funções comissionadas, foi aprovada no Senado na noite desta quinta-feira (8). A MP (medida provisória) nº 726 foi assinada em maio pelo presidente, pouco depois de ele assumir interinamente.

medida foi aprovada sob fortes críticas e manobras da oposição. O Planalto se articulou para garantir que a base aliada votasse a MP em uma quinta-feira, após o feriado de independência. O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, se reuniu de manhã com o senador e ex-ministro Romero Jucá (PMDB-RR), relator da proposta.

Caso a maioria fosse contra e a proposta votada no Senado não fosse aprovada, o governo tinha como estratégia mudar o texto e reenviá-lo ao Congresso.

Com 44 votos a favor, seis contra e uma abstenção, a medida foi aprovada e segue para a sanção do presidente Michel Temer, que é favorável à proposta.

Na semana passada, enquanto se reunia com a cúpula do G20 na China, Temer consultou o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e pediu a votação do texto.

Jornal Midiamax