Brasil

Moro manda soltar Mônica Moura, esposa de ex-marqueteiro do PT

Casal estava detido na Lava Jato desde julho

Norberto Liberator Publicado em 01/08/2016, às 13h14

None
monica-moura-odebrecht-chavez.jpg

Casal estava detido na Lava Jato desde julho

O juiz Sérgio Moro determinou a soltura de Mônica Moura, esposa do marqueteiro João Santana, nesta segunda-feira (1º). Ela estava detida na Operação Lava Jato desde o dia 15 de julho.

De acordo com a coluna de Mônica Bérgamo, na Folha de S. Paulo, os advogados do casal confirmaram a decisão. A jornalista elenca que Moura pagou uma fiança, com valores já incluídos em montante bloqueado pela Justiça.

João Santana, ainda preso, também pode ser solto nos próximos dias, segundo Bérgamo. Santana e Moura teriam recebido US$ 4,5 milhões (R$ 14,6 milhões) em 2013 e 2014, por ajudar a financiar a campanha de Dilma Rousseff (PT) à Presidência da República.

Há duas semanas, o casal assinou um termo em que se comprometia a realizar delação premiada. O documento ainda não confirma a delação, já que precisa ser analisado para que a Justiça aprove os depoimentos.

Jornal Midiamax