Brasil

Morador gasta R$ 2,5 milhões em casa com laje VIP para F-1

Ampliar a laje 

Diego Alves Publicado em 11/11/2016, às 22h52

None
f12.jpg

Ampliar a laje 

O comerciante Gilmar de Santana, de 43 anos, já investiu R$ 2,5 milhões para ampliar a laje de sua casa, na Avenida Interlagos, na Zona Sul de São Paulo. Na tarde desta quarta-feira (9), ele acelerava os trabalhos para concluir os últimos detalhes do espaço, que está reservado para receber os convidados e fãs de automobilismo.

Desde 2000 que ele destina a cobertura de sua casa, que tem vista para a reta oposta do autódromo de Interlagos, para quem não tem dinheiro ou não conseguiu comprar ingresso para ver a corrida das arquibancadas.

"Já foram R$ 2,5 milhões na obra toda. Tem minha casa, que estou ampliando também, e os três pavimentos de laje", disse ele.

No primeiro pavimento de laje ele terminou de fazer a estrutura de alvenaria de uma piscina adulta, que ele pretende disponibilizar para os visitantes em 2017.

"Vou fazer outras duas piscinas adultas e mais duas menores para crianças. Se der, penso em fazer um tobogã saindo do último andar e terminar na piscina maior", brincou o comerciante.

No local há churrasqueira, pia e refrigeradores. No andar de cima, um pouco menor, tem a mesma infraestrutura. O último pavimento só será liberado aos frequentadores em 2017.

Com mais espaço, ele construiu banheiros feminino e masculino.No primeiro ano de laje VIP, em 2000, ele recebia entre 100 a 110 pessoas, que pagavam ingresso de R$ 20 na sexta-feira, R$ 30 no sábado, e R$ 150 no domingo.  As bebidas e o churrasco eram cobrados à parte. "Só em 2005 que o projeto começou a ficar mais certinho."

Agora, com a reformulação do local, ele cobra R$ 150 de ingresso, com bebida e churrasco à vontade, em sistema "all inclusive". Santana espera receber 500 pessoas nos três dias de Grande Prêmio. "Só no dia da corrida vou receber 150 pessoas."

A garagem, que já teve 20 vagas, foi reduzida a 13, pois parte do espaço abriga o material de construção para o término do projeto.

Em 2017, Santana quer incluir na decoração quatro réplicas de carros de F-1, sendo que dois deles terão simuladores de corrida

Jornal Midiamax