Brasil

Ministro do STF determina abertura de processo de impeachment contra Temer

Pedido havia sido rejeitado por Eduardo Cunha

Midiamax Publicado em 05/04/2016, às 15h41

None
marco_orelio.jpg

Pedido havia sido rejeitado por Eduardo Cunha

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello decidiu que a Câmara dos Deputados Federais deve abrir processo de impeachment contra o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB).

O despacho, segundo noticiou a coluna da jornalista Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo, atende a pedido feito pelo advogado de Minas Gerais, Mariel Márley Marra, feito em dezembro de 2015. O argumento é de que Temer assinou decretos de suplementação ao Orçamento sem autorização do Congresso, motivo que também está entre as razões do pedido de impedimento da presidente Dilma Roussef, em andamento na Câmara.

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), havia rejeitado a abertura de processo conta o vice-presidente.

Cunha ainda não se manifestou sobre a decisão de Marco Aurélio Mello.

Jornal Midiamax