Brasil

Comitê Olímpico elogia repressão a protestos contra as Olimpíadas

Objetivo é manter "arenas limpas" disse comitê

Joaquim Padilha Publicado em 07/08/2016, às 16h02

None
fora_temer.jpg

Objetivo é manter "arenas limpas" disse comitê

Em coletiva de imprensa na manhã deste domingo (7), o Comitê Rio-2016 apoiou a ação das autoridades que proibiram protestos nos locais de competição da Olimpíada.

O sábado (6) foi marcado por uma série de tentativas de manifestação política de pequenos grupos, que acabaram sendo combatidos por policiais que fazem a segurança das arenas esportivas.

O comitê afirmou que os protestos continuarão a ser combatidos. "Queremos arenas limpas", afirmou o diretor de comunicação do órgão, Mário Andrada. Em um manual feito para os torcedores há um artigo dizendo que manifestações políticas não são permitidas.

Segundo o comitê, porém, a ação da polícia vai ser específica para questões visuais. Vaias, gritos e cantos não estão proibidos. "Se a vaia política não fosse permitida, boa parte das pessoas teria de ser retirada da cerimônia de abertura. As pessoas podem se manifestar. A lei tem a intenção de brecar questões visuais", afirmou Andrada.

Jornal Midiamax