Brasil

Vanessa Grazziotin defende corredor fluvial e rodoviário entre Manaus e porto do Equador

A solução logística poderá oferecer uma rota alternativa ao Canal do Panamá, visando a Ásia.

Midiamax Publicado em 14/04/2015, às 01h08

None
imagem_materia.jpg

A solução logística poderá oferecer uma rota alternativa ao Canal do Panamá, visando a Ásia.

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) informou que o Projeto Manta-Manaus — um corredor fluvial e rodoviário que ligará Manaus ao Porto de Manta, no Equador — está sendo discutido pelos governos do Brasil e do Equador e que, quando for viabilizado, vai beneficiar as exportações brasileiras. O corredor vai oferecer uma rota alternativa ao Canal do Panamá, visando, principalmente o comércio com a Ásia. 

Vanessa Grazziotin explicou que os produtos da Ásia passarão pelo Porto de Manta, depois serão levadas a Letícia, na Colômbia, passando por Tabatinga (AM) e chegando a Manaus.

A senadora disse que há um estudo que mostra a economia e a competitividade que o Projeto Manta-Manaus propiciará aos produtos fabricados na Zona Franca de Manaus e aos importados da Ásia. Só em tempo, afirmou ela, será possível reduzir bastante o número de dias que levará para o transporte, passando dos atuais 40 a 60 dias para 31 a 35 dias.

“Creio que o Projeto Manta-Manaus deve fazer parte da lista de prioridades do governo federal. Hoje nós vivemos dificuldades econômicas, mas são dificuldades passageiras. Não tenho dúvida nenhuma da capacidade do Estado brasileiro de superar esse momento difícil para que, na sequência, possamos retomar os projetos que nos ajudem a alavancar a economia”, afirmou a senadora.

Jornal Midiamax