Brasil

Joaquim Barbosa diz que é um cidadão livre para opinar

Barbosa disse, ainda, que seus críticos fingem não saber que hoje ele é um cidadão livre

Clayton Neves Publicado em 18/02/2015, às 17h19

None
06ivan-valentejoaquim-barbosaarte-terra.jpg

Barbosa disse, ainda, que seus críticos fingem não saber que hoje ele é um cidadão livre

O ex-presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, usou sua página pessoal no Twitter, nesta terça-feira (17), para dizer que é um cidadão livre. Ele usou a rede social para rebater críticas sobre outro post que fez no sábado (14) pedindo a demissão do ministro da justiça, José Eduardo Cardozo.

Barbosa disse, ainda, que seus críticos fingem não saber que hoje ele é um cidadão livre. 

O ex-ministro escreveu também que os  que recorrem à política para resolver os problemas na esfera judicial não buscam a Justiça.

Toda polémica começou quando Barbosa fez um post pedindo a demissão do ministro da justiça, José Eduardo Cardozo após ele ter recebido no gabinete três advogados da Odebrechrt, construtora envolvida na operação Lava-Jato, segundo publicado no Jornal O Globo.

Jornal Midiamax