Brasil

Igreja Universal nega concurso para pastor com salário de R$ 8 mil e diz sofrer com boatos

Igreja diz que notícia de suposto concurso circula desde 2009

Gerciane Alves Publicado em 14/04/2015, às 14h56

Igreja Universal em Campo Grande. (Divulgação, Arquivo).
Igreja Universal em Campo Grande. (Divulgação, Arquivo). - Igreja Universal em Campo Grande. (Divulgação, Arquivo).

Igreja diz que notícia de suposto concurso circula desde 2009

Vários sites e blogs tem replicado a notícia de um suposto concurso para a seleção de pastor da Igreja Universal do Reino de Deus. No texto replicado várias vezes na internet a igreja teria contratado o Cespe/UnB (Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília) para aplicar as provas do concurso que teria salário inicial de R$ 8 mil.

A justificativa para o concurso, segundo o texto, seria recrutar profissionais qualificados para participarem do “a grande expansão da Palavra” e a “cultura popular de Deus”. As estariam abertas apenas para candidatos do sexo masculino com curso superior em qualquer área.

Procurada pelo Jornal Midiamax a Igreja Universal, declarou através da sua assessoria de comunicação que não passa de boato a informação, que circula na Internet, de que pretenderia organizar um concurso público para “contratar pastores”.

“Somos vítimas desta fantasia absurda desde 2009, e alertamos que alguns veículos de comunicação que no passado deram eco a tal inverdade, foram obrigados a assumir e reparar o erro. Por fim, fica a sugestão: desconfie sempre do que lê na Internet,” conclui a assessoria.

Jornal Midiamax