Brasil

Idosa é vítima de golpe após pagar R$ 42,7 mil para se livrar de macumba

Golpista prometeu livrar a idosa com um 'trabalho espiritual'

Clayton Neves Publicado em 19/02/2015, às 17h12

None
viatura-sirene.jpg

Golpista prometeu livrar a idosa com um ‘trabalho espiritual’

Uma idosa de 76 anos foi vítima de um golpe em Belo Horizonte e perdeu R$ 42,7 mil em dinheiro. A aposentada e pensionista acreditou que o homem faria um “trabalho espiritual” para melhorar a vida dela e livrá-la de uma macumba. Como pagamento, entregou dinheiro para o golpista cinco vezes, em quantias variadas. Nesta quinta-feira, ao procurar pelo homem, descobriu que tudo não passava de um golpe porque ele desapareceu com o dinheiro.

De acordo com o sargento Ronaldo Lucio Rodrigues Aquino, da 6ª Companhia do 1º Batalhão da Polícia Militar (PM), a aposentada procurou a corporação nesta manhã. Desesperada, ela explicou que foi ao encontro do homem com quem negociava há mais de 15 dias, na Rua Carijós, no Centro, mas não o encontrou.

A trama começou no início do mês, quando a idosa foi abordada na rua pelo golpista. Segundo relato dela aos policiais, o homem a conhecia de vista, mas sabia que ela teria condições de conseguir dinheiro. Ele conversou com a idosa convencendo-a de que todas as coisas ruins da vida dela seriam resultado de uma macumba. Assim, prometeu fazer o “trabalho espiritual” de livramento.

A aposentada foi levada para o escritório do homem, onde uma mulher o apoiou durante as consultas de “trabalho espiritual”. A cada encontro, a idosa deixava um valor em dinheiro. No dia 4 de fevereiro, pagou R$5 mil, no dia seguinte, a mesma quantidade e no dia 6, levou R$ 27 mil. Em 9 de fevereiro, entregou mais R$ 5 mil e por fim, no dia 10, pagou R$ 700.

Conforme o sargento Aquino, a idosa cuida de uma irmã que está aposentada por invalidez. Ela retirou o dinheiro da conta da familiar para pagar o “trabalho espiritual”. “Ela nos procurou muito desesperada com medo de ser presa porque o dinheiro não é dela”, conta o militar. A promessa do golpista era devolver toda a quantia, assim que a macumba fosse desfeita. No entanto, ele desapareceu.

Policiais foram até o escritório apontado pela idosa hoje, mas não encontraram nada. A equipe de inteligência da PM vai atuar no caso para tentar levantar informações do casal de golpistas. A ocorrência será repassada para a Polícia Civil.

Jornal Midiamax